Full Banner

sábado, 26 de dezembro de 2009

Natal: o divino faz-se humano





“É Natal de Jesus, Festa de alegria, de esperança e luz”. Assim a Igreja canta na liturgia desse tempo natalino. O Natal é uma festa carregada de poesia. Aparentemente, a dramaticidade da cruz parece sublimada pela singeleza da manjedoura e a rocha do calvário se contracena com a gruta rústica de Belém.

Na manjedoura vazia foi depositado o corpo do Verbo que se fez carne. Aquele mesmo corpo do róseo menino foi na cruz pregado, banhado de sangue, na sexta-feira do amor maior e do sofrimento sem medida.

“Um Menino nasceu para nós”. Sim, nasceu de Maria, para quem a precariedade das circunstâncias jamais impediu nem diminuiu a ternura e a grandeza da maternidade.

Toda a linguagem do Natal é um convite a inserir no caminho progressivo da nossa transformação humanizante na busca da santidade que diviniza. A liturgia convida-nos a transcender o cenário cultural: enfeites, símbolos... Tudo isso nos chama a ir muito além. Temos de ir ao encontro daquele que veio até nós. Para isso é preciso fazer do Natal a festa da descoberta de Jesus Cristo. A festa do encontro com a salvação.

A linguagem simbólica natalina não nos exime da exigência de conversão, tão lembrada no mistério da paixão que precede a festa da Páscoa.

O Natal é o cumprimento das promessas de Deus, é realização de um anseio profundo de muitos corações. O anseio de quem andava e anda nas trevas. Anseio de quem vagueia a procura da luz. Um menino nasceu para nós. Ele não é apenas o filho do casal forasteiro no meio da multidão rumo ao recenseamento. Ele é o príncipe da paz, o Messias esperado. Emanuel, Deus conosco! Ele é a razão da nossa alegria.

 Nasceu em Belém de Judá, terra de pastores, enquanto na Grécia dos filósofos crescia a profusão dos deuses em meio o avanço da impiedade humana. Os gregos não poderiam ser acusados por falta de sentido religioso e de culto.

Em Atenas, palco dos deuses e deusas, havia até um monumento construído em honra ao Deus desconhecido. O Deus que os gregos desconheciam é o Deus que se revela no mistério no Natal que celebramos. Celebramos a grandeza de Deus e sua proximidade dos homens. Esse gesto de amor desvelado faz-nos pensar: qual nação pode ter um Deus tão próximo assim? Sim, Deus se fez próximo para, dele, ninguém se afastar. E fez-se humano para nos divinizar. Feliz Natal!

Pe. Joaquim Cavalcante é professor de teologia e Pároco de São Pedro e São Paulo.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

É NATAL...


Estamos no período do natal, é um período de reflexão, bom para muitos, período de confraternização, de compras, de muita comida, bebida e presentes...


Um periodo também para reflexão. quantas pessoas, vivem não só neste período mas durante todo o ano escassos de muitas coisas?

Escassos de roupas, escassos de alimentação, de moradia, de amor, de um tratamento digno de um ser humano.

Ás vezes vivemos tão atarefados em nosso dia-a-dia, que não enxergamos devidamente o nosso próximo...

Sugiro pararmos um pouco, vamos pensar nas pessoas que precisam de nós... vamos pensar nos menos favorecidos, 

- Vamos doar roupas

- Vamos doar alimentos

- Vamos doar “amor ao próximo”

- Vamos ser voluntários em alguma causa social

Não somente neste período, mas durante todo o ano..

Vamos ser mais solidários..

E Lembre-se Esta data é muito especial, porque é comemorado o nascimento do nosso Salvador, Um Exemplo de amor ao próximo que precisa ser seguido.

Pense nisto.



domingo, 20 de dezembro de 2009

TRICOTANDO

Queijo suiço, é como podemos chamar as nossas ruas, buracos e mais buracos tomam conta da cidade, nos bairros a situação se agrava, trata-se de asfalto de baixa qualidade feito a muitos e muitos anos.

Todos os anos a história se repete, como não se faz um trabalho preventivo antes do período chuvoso só resta em cima da hora botar a culpa em São Pedro que não colabora, com estiagem para dar início aos trabalhos de tapa buracos. Estamos cansados de ouvir essa velha desculpa.

Por falar nisso, quem passa pela avenida Washington Luiz percebe que houve uma tentativa de melhorar aquela avenida,  mostramos por esse blog a situação em que se encontrava a avenida, um trabalho de recapeamento foi feito no miolo da via, o ruim que com menos de uma semana do serviço feito, ja é possível perceber a fragilidade do mesmo, certamente não suportará a próxima chuva, o serviço é de baixa qualidade, uma pena para quem sofre com essa situação e vê o dinheiro público indo pro ralo ou melhor, pelo buraco.

Uma sugestão para o chefe da operação tapa buracos é de multiplicar por 10 o número de equipes que fazem o serviço, assim quem sabe o cidadão possa transitar com calma e tranqüilidade por nossas vias, sem correr ou oferecer riscos a terceiros.

E para quem esperava no ano do centenário uma bela iluminação natalina nas principais vias da cidade, ficou frustado a iluminação é a mesma dos anos anteriores, já se tornou comum e pouco atrativa, bem que Itumbiara merecia coisa melhor nos 100 anos, seria uma boa pedida, cadê o CDL e a Prefeitura ? faltou iniciativa ou grana?


Outra: a notícia que corre é que o sistema Positivo de ensino não fará mais parte do projeto educacional do município para o próximo ano, bem que a sociedade merecia saber o porque dessa decisão já que muita propaganda foi feita e muito dinheiro foi despendido para custear esse sistema de ensino; e o aluno, o que ganhou com isso? esperamos que a próxima aposta seja num ensino de qualidade e que seja aprovado por pais, alunos e professores e não imposto como foi o Positivo. Com a palavra a Secretária de Educação do Município.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

SEMAFOROS QUE NÃO FUNCIONAM

Alô SMT, o trânsito de nossa cidade está se tornando o verdadeiro caos, e a situação se agrava quando a sinalização é precária em alguns pontos da cidade.


No centro certamente por conta de chuvas que fazem acontecer quedas de energia, os semáforos param de funcionar, o que é inadmissível é deixa-los sem manutenção, permitindo assim que os motoristas fiquem sem a orientação mínima nos cruzamentos da cidade. 


Com o alvoroço da chegada de fim de ano, a cidade recebendo mais e mais pessoas, para compras ou passeio é preciso que esse orgão possa de fato, auxiliar no nosso trânsito como forma de faze-lo fluir normalmente, sem maiores transtornos, e só pra não esquecermos de uma grave situação, a avenida Beira Rio o nosso cartão postal, não conta com sinalização de limite de velocidade, nem de faixas de pedestre e outras, o que só tem permitido que excessos de toda natureza aconteça ali, esperamos providências urgente.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

UM ANO DO DESAPARECIMENTO DE MARIO FERNANDO




Já faz um Ano, um ano de expectativas, dúvidas, incertezas, dor e agonia, um ano sem noticías é o que tem passado a família de Mario Fernando desaparecido em 10/12/2008, essa situação já não é novidade aqui na cidade e região, muito divulgado na época pela imprensa, e ainda hoje é através de cartazes, adesivos nos carros, internet.


Estamos diante de um caso sem solução até então. É um absurdo que no mundo de hoje, os fatos ocorram a sociedade e principalmente a família não tenha o direito de ter conhecimento do que está por trás dessa situação que claro, não é a única. Trata-se de uma pessoa íntegra trabalhadora pai de família e muito querido por todos, sem passagem pela polícia, uma pessoa do bem.

Infelizmente em mais esse caso justiça não foi feita, o sentimento de impotência que toma conta do cidadão é gigante diante da inércia do poder judiciário e das investigações acerca do caso, nada de concreto, nada satisfatório, na linha de investigação nenhuma produção de provas contundentes que levassem a elucidação do caso do desaparecimento do Mario Fernando foi apresentada a sociedade.

Você já pensou se fosse na sua família tal situação? A dor não seria diferente da dor que sente a família e amigos do Mário Fernando, ninguém merece passar por esse tipo de situação. A luta e a busca por notícias, pistas ou qualquer informação é incessante, e é preciso assim pedir a qualquer pessoa que tenha alguma informação a respeito desse caso, que fale, denuncie ainda que seja de forma anônima, mas ajude a promover justiça onde ela falte, esse é o verdadeiro papel do cidadão de bem, esse é o verdadeiro papel do Cristão.

A família convida amigos e as pessoas que se solidarizaram com o caso ou que foram vítima de algum tipo de violência para amanhã, sexta feira 11/12  na Igreja São Pedro e São Paulo às 19:00hs assistirem a missa de 01 ano do desaparecimento do Mario Fernando, paróquia essa que tem cumprido um papel belíssimo diante das injustiças que atingem a nossa sociedade, uma das marcantes ações foi durantes a Campanha da Fraternidade 2009, que trazia o tema Fraternidade e Segurança Pública , onde na procissão de domingo de ramos trouxe a publico várias famílias que foram vitimas de violência em nossa sociedade, e que agora estão sofrendo uma das piores formas de violência, que é a falta de justiça.


        Família de Mario Fernando, junto a outras famílias vitimas da mesma violência, falta de justiça


                     Pároco Joaquim Cavalcanti com sua fé e firmeza conduz o rebanho em procissão


                                                           BREVE HISTÓRICO (fonte policia civil)

Mario Fernando Ferreira Borges
Sexo: Masculino
Cor: branca
Data de nascimento: 05/1971
Data do desaparecimento: 10/12/2008
Data do registro: 11/12/2008
B.O: nº 1596/08 - 06 DP ITUMBIARA
Natural: ITUMBIARA/GO



HISTÓRICO: O desaparecido reside e trabalha na cidade de ITUMBIARA/GO, no dia do fato ele teria saiu da casa da mãe para ir tomar um lanche com a namorada, desde então não deu mais notícias e o seu paradeiro é desconhecido. MÁRIO trajava bermuda azul, camiseta, e estava com uma bicicleta de cores azul e amarela.

INFORMAÇÕES:

Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios.......62 3201-1220

Divisão de Pessoas Desaparecidas: ............................62 3201-1225

E-mail: desaparecidos@policiacivil.go.gov.br






terça-feira, 8 de dezembro de 2009

O SOFRIMENTO DO CIDADÃO CONTINUA



Quem passa pela avenida Washington Luiz e nas proximidades da Rodoviária, ali na rua Mariano Hungria quase não acredita no que vê. Há pelo menos 04 meses atrás foi iniciada as obras de construção de galerias de água pluviais ao longo daquela avenida.

Uma boa iniciativa, haja visto que isso é um a problema crônico em nossa cidade; é só repararmos a cada chuva que acontece que o problema se agrava inclusive com conseqüências danosas para a nossa população.

E mais uma vez esse Blog afirma que em Obras, o planejamento, o gerenciamento, a fiscalização, o início e o prazo de entrega são fundamentais para que no mínimo os impactos sejam diminuídos e o objetivo principal que é de entregar a obra a população possa acontecer de forma menos traumática.

O cidadão mais do que nunca exige respeito e zelo por parte do Poder Público, tudo que vem desse poder vem em forma de benefício, pois obras nada mais é do que uma mercadoria que vem em benefício da coletividade, e que já foi paga anteriormente, claro com os impostos arrecadados em tudo aquilo que consumimos, restando somente aos gestores Públicos entender que prestar um serviço e respeitar os direitos do cidadão, é tão simples quanto qualquer outro compromisso de compra e venda que fazemos no dia-a-dia, e sem achar que isso é favor, o que quase sempre acontece na esfera Pública.

Voltando para o início da nossa conversa, uma obra de grande importância como a construção de galerias de águas pluviais tem se tornado um verdadeiro transtorno para os moradores da Av: Washington Luiz e Mariano Hungria, sem dizer nos que moram nas redondezas que também enfrentam essa situação.


Converse com os comerciantes dessa região e pergunte qual tem sido o seu prejuízo desde o início da obra, era difícil prever que o período chuvoso estava chegando? não me venha colocar a culpa em São Pedro , isso não!.

                                      piscinas se águas da chuva se forma ao longo da avenida

                                Escola Polivalente, funcionários e alunos sofrem com a situação


Veja o risco que corre quem traféga pela via, manilha de concreto no centro da rua sem nenhuma sinalização.

Comercio, ponto de ônibus e acesso a Clinica nessas condições.

cena comum ao longo da avenida




Na região do entorno da Rodoviária até abaixo assinado foi feito pelos comerciantes que temem sofrer como os moradores e lojistas da avenida Washington Luís, para que as obras não prossigam dado o volume de chuvas e a paralisia que tomou conta do andamento das obras, e isso se justifica: É que com a chegada do Natal e Fim de Ano, as vendas ficam aquecidas, esse transtorno só irá atrapalhar o comércio forte dessa região, é preciso que uma solução seja encontrada, pois o empresário que gera emprego e divisas, vendendo ou não sua mercadoria, paga sua onerosa carga de tributos aos cofres Públicos.



                                 Observe as fotos e imagine as dificuldades de quem mora no local.

                            Acesso a garagem e locomoção de todas as formas é quase impossível.

Não é facíl conviver com a incerteza de quando isso tudo vai acabar, até quando o cidadão suporta?

Essa é uma breve amostra do que não fazer em período chuvoso, e digo já, não precisa ser Engenheiro nem arquiteto ou construtor para saber disso, bom senso basta.


SOLIDARIEDADE NO NATAL

Essa é mais uma contribuição do nosso internauta e bem vinda que é nesse espaço, foi publicada na integra, bela reflexão no momento em que estamos mais próximos um dos outros, no nascimento de Cristo.

Estamos cada vez mais proximos do natal, data esta que é de muita reflexão a respeito de nossos atos o ano que se passou, dai a pergunta.

Você caro amigo, o que fez para melhorar como ser humano? O que você plantou e ensinou para seus filhos? O que você fez pela sua rua, pelo seu bairro, pela sua comunidade, pela sua cidade? O que você fez para si mesmo? O que você fez de bom para seu próximo? O que você fez para que a felicidade permanecesse na sua casa?

O que você fez na hora que viu na tv aqueles escandalos de corrupção e o que comentou na sua casa? O que você fez? São perguntas que deveriam abrir sua mente e torna-lo melhor, voce ja se fez esta pergunta? Neste natal tire sua armadura, vista-se com a roupa da boa vontade, ajude seu próximo, não com dinheiro, más com aquilo que não tem preço, a solidariedade.

Esta é a data de nos amarmos uns aos outros, sem nada em troca, desejando que nós seres humanos sejamos simplesmente felizes.

Feliz Natal e que em 2010 tudo seja possível com a graça de Deus, e estarei sempre aqui.

Obrigado!!!

PIZZA X PANETONE TEM PRA TODOS, E NÃO É SÓ EM BRASILIA NÃO!

CIP EMENDA 39, COM ELA A SUA CONTA DE ENERGIA FICA ABUSIVA

Amigos aqui no nosso Blog temos recebidos muitos comentários a respeito dos mais diferentes temas, e a contribuição é tanta que tomamos a liberdade de publica-los como matéria popular onde o cidadão fala o que sente, expressando a sua satisfação ou insatisfação, veja a matéria que o nosso internauta envia para o nosso Blog, ele fala do preço abusivo da CIP. emenda 39 que vem sendo cobrada na conta de energia, é tão abusiva a cobrança que salvo engano é a mais alta  cobrança do País. Alô Ministério Público, Alô Procon vamos agir em favor do povo.

Tem que ser mostrado mesmo a realidade de Itumbiara porque ela está sendo escondida, a grande maioria da população da cidade tem pago sua conta de energia à CELG e nem se dá conta de um absurdo que vem sendo cobrado na sua conta que é a chamada CIP ( Contribuição de Iluminação Pública) contribuição essa que vai para os cofres da prefeitura e que de alguns meses para cá teve um aumento abusivo de seu valor.

 Consumidor fique atento e passe a observar o valor da CIP de sua conta e você verá que aqueles que dizem ter um profundo amor pela cidade e pelas pessoas dessa cidade estão lhe impondo uma cobrança muito alta na sua conta de energia. Ex: Uma conta em 02 de 2009 com consumo de R$ 103,00 a CIP foi R$ 11,02 e agora em novembro de 2009 com consumo de R$ 97,57 a CIP foi de R$ 34,99, fique atento consumidor e passe a observar sua conta de energia

sábado, 5 de dezembro de 2009

CIDADÃO ATENTO

 Nós cidadãos de Itumbiara, cidade esta de um povo forte e trabalhador, más calado diante de toda a politica estabelecida em nossa querida cidade, uma ditadura branca onde tudo se vê, más tem que se calar e amordaçar nossa boca devido aos interesses da imprensa local de rádio, jornais e tv.


Estes mesmos profissionais que deveriam estar criticando e elogiando, só conhecem o lado do elogio hipócrita para com a nossa prefeitura, este mesmo orgão tão afetado pelos interesses de alguns elementos que pensam que são donos de Itumbiara, mas não são.

Peço aqui neste blog que se faça valer a coragem e o intuito jovem de ser, para fazer valer nossos direitos de falar e ser ouvido.

Peço que em nossa cidade o Tribuna Popular seja tambem impresso e que podemos passar nossas reenvidicações, sem que tenhamos que aparecer, más para nos garantir a segurança que hoje sería impossível de ter; nos moldes democráticos que se fundem assim como as eleições, e nosso protesto faça ser visto e lembrado, obrigado e sempre estarei presente.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

ACABA A NOVELA ENVOLVENDO O ATERRAMENTO DAS LAGOAS DA CIDADE

Chamado publicamente de cabeça maluca meses atrás pelo Sr. Prefeito Municipal, por ter embargado uma obra do municipio, o então promotor de justiça Jales Guedes entendeu que aquilo nada mais era do que uma violenta agressão ao meio ambiente,  pouco tempo se passou e podemos ver de fato que tem ou não cabeça maluca nessa história. Estou falando da novela do aterramento sobre as lagoas alí próximo a avenida Modesto de Carvalho atendendo penso eu ao plano de especulação imobiliária que está tomando conta de nossa cidade.

A SEMARH, Secretária de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado acatando a recomendação 001/2009 do Ministério Público de Itumbiara assinou um  TCA, Termo de Compromisso Ambiental junto com  Município de Itumbiara onde este tem um prazo limite até 19 de agosto de 2011, para executar, adaptar, recompor, corrigir os efeitos negativos do meio ambiente, e ali construir o Parque Municipal Beija Flor.

  Relatórios deverão ser encaminhados de 6 em 6 meses para a SEMARH, na gerência de uso de solo afim de mostrar as medidas executadas, o não cumprimento desse tac representa a quebra do mesmo bem como multas pesadas de R$ 1.000,00 ao dia.

Parabéns ao Ministério Público do Meio Ambiente de nossa cidade por essa intervenção, que certamente trará uma melhor qualidade de vida para nossa cidade, e sem dúvida as gerações futuras agradecerão por isso, acompanhe abaixo a integra do acordo.













terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Município pagará indenização retroativa a 1993 por ter suprimido horas extras

Justiça seja feita ainda que tardia, a classe trabalhadora precisa entender que precisa lutar pelos seus direitos veja o exemplo abaixo:

Não prosperaram, na Justiça do Trabalho, as alegações pelas quais o município de Araraquara (SP) pretendia limitar a cinco anos a indenização a que foi condenada a pagar, por haver suprimido o pagamento habitual de horas extras a um empregado contratado pela CLT. Após ter rejeitado seu recurso de revista pela Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho, o município opôs embargos à Seção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1), que também os rejeitou.

O caso começa quando um empregado, contratado pelo regime celetista, ajuizou ação trabalhista sete meses após o município haver suprimido as horas extras que lhes eram pagas habitualmente, durante 11 anos.

A sentença de primeiro grau, determinando indenização nos termos do Enunciado 291 do TST, foi mantida pelo Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (SP). Desde então, o município vem recorrendo sucessivamente, com o objetivo de reverter a decisão, sustentando que a indenização deveria ser calculada somente com base na média das horas extras efetuadas nos últimos cinco anos, contados da data do ajuizamento da ação trabalhista – ou seja, a partir de setembro de 1993.

Sem obter êxito no âmbito do TRT, o município apelou ao TST, insistindo na tese de prescrição parcial do direito. Inicialmente, interpôs recurso de revista, rejeitado pela Terceira Turma e, depois, opôs embargos à SDI-1. Apontou violação dos artigos 7º da Constituição Federal e 896 da CLT. Mas o relator da matéria, ministro Vantuil Abdala, entendeu que, ao contrário do que alega o município, o cálculo do valor da indenização, nos termos da Súmula 291, não é feito com base apenas nos cinco anos anteriores à supressão das horas extras. “Assim, verificando-se que o direito à indenização nasceu com a supressão das horas extras habituais, a qual ocorreu em fevereiro de 1993, e, tendo sido proposta esta ação em setembro do mesmo ano, não há que falar em prescrição”. Vantuil Abdala assinala que o recurso de revista “não merecia, mesmo, ser conhecido por violação ao artigo 7º, inciso XXIX, da Constituição Federal”. Com a aprovação do voto por unanimidade, a SDI-1 rejeitou os embargos do município, prevalecendo, portanto, a sentença original. (TST-E-RR-657747/2000.8) Fonte -TST
(Ribamar Teixeira) 01/12/2009



AS APARÊNCIAS ENGANAM

Mauricío Ricardo é de fato um iluminado na arte de tornar a nossa triste  realidade em algo engraçado, assista ao video e veja se esse tipo de politico está na moda ou em extinção.

JORGE E MATEUS EM SEU CRUZEIRO 2009, SUCESSO

Uma pequena demosntração do que foi o cruzeiro da dupla sertaneja Itumbiarense Jorge e Mateus, que acabou ontem 30 de novembro, quem foi não se esquecerá. Esse blog pra não chover no molhado e nem ser redundante entende que o dito popular de que Santo de  casa não faz milagre, foi por água abaixo, pois no gênero sertanejo, esses são o maior orgulho nosso.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Estatal do DF fez caixa 2 de R$ 57 mi, indica dossiê


Um dossiê entregue à Polícia Federal (PF) e ao Ministério Público (MP) pelo ex-secretário de Relações Institucionais do governo do Distrito Federal, Durval Barbosa, indicam a existência de um grande esquema de caixa 2 montado na campanha do governador José Roberto Arruda (DEM), em 2006, com recursos da Companhia de Planejamento do DF (Codeplan), empresa ligada ao governo. A conta chega a R$ 57 milhões.

Barbosa anexou aos documentos planilhas de despesas que teriam sido custeadas pela Codeplan durante a disputa eleitoral. Os papeis detalham a distribuição do dinheiro. Uma tabela mostra gastos entre 2004 e setembro de 2006, véspera da votação. A Codeplan teria pago, por exemplo, R$ 7 milhões para locação de um estúdio da campanha no Lago Sul, bairro nobre de Brasília. Mais R$ 2,9 milhões aparecem para a despesa com programas de rádio e televisão, R$ 635 mil para pesquisas, entre outros gastos.

Outro documento atinge a cadeia de comando do governo do Distrito Federal, indicando a distribuição de propina oriunda de empresas contratadas. Uma tabela cita a empresa Infoeducacional, uma das investigadas pela PF, com o valor de R$ 298 mil e a divisão: 40% para Arruda, 30% a seu vice, Paulo Octávio, 10% ao assessor Omézio Pontes, 10% a seu então chefe da Casa Civil, José Geraldo Maciel, e o restante à espera de um "comando".

Todos os citados dizem que colaboraram com as investigações da PF e não falariam sobre o assunto. Em depoimento ao Ministério Público Federal no dia 16 de setembro, Durval Barbosa relatou ter sido procurado por Arruda em 2002, quando dirigia a Codeplan, para negociar um esquema de caixa 2 para a campanha que seria realizada quatro anos depois.

Segundo ele, o então governador Joaquim Roriz (PMDB) deu carta branca para a Codeplan ajudar Arruda a partir daquele ano. Barbosa "entendeu que estaria autorizado a aderir ao pleito de Arruda".

Vídeos:

Vídeos gravados com uma câmera escondida pelo ex-secretário Durval Barbosa apresentam os bastidores do chamado mensalão do DEM e a divisão do dinheiro que, de acordo com a investigação, era proveniente de propina paga por empreiteiras e prestadoras de serviço. As cenas mostram deputados escondendo dinheiro nos bolsos e até nas meias.

A deputada Eurides Brito (PMDB) entra rapidamente na sala e pergunta: "Cadê o Durval?" Barbosa pede que ela dê meia volta e tranque a porta. Os dois trocam poucas palavras, a deputada abre a bolsa de couro marrom e, na mesma velocidade com que chegou, joga para dentro cinco maços de dinheiro. A conversa prossegue. Eurides ainda ensaia uma crítica a Arruda. "Você não acha que o governador perdeu as estribeiras?", pergunta. Logo depois, sai da sala carregando a bolsa, agora cheia de dinheiro.

Em outro vídeo, o deputado Rubens César Brunelli (PSC-DF) entra na sala, recebe um maço de dinheiro e o coloca no bolso. Numa das gravações, Brunelli aparece rezando com Barbosa e com Leonardo Prudente. "Sabemos que somos falhos, somos imperfeitos", diz o deputado, para em seguida pedir proteção à vida de Barbosa. "Somos gratos pela vida do Durval ter sido instrumento de bênção para nossas vidas, para nossa cidade", diz Brunelli. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

A FALTA DE RESPEITO PARA COM O CONTRIBUINTE É NOTÓRIA

Nosso internauta tem aqui o espaço franqueado, para criticar sugerir, elogiar ou seja tem vez e voz, leiam que artigo recebemos de um cidadão que sofre com transtornos de obras que são importantes para a coletividade, más que parecem não fazer parte de um planejamento para a sua execução, acompanhe. 


Assistimos a bem pouco tempo o descaso que ocorreu com os comerciantes da rua Itarumã, sendo deixados por um longo período com seus produtos ou serviços a conviverem com poeira, barro e buracos ao longo da rua levando alguns a desistirem de seus negócios pois não tiveram suporte financeiro para sustentar tal situação.


Pais de família desempregados e descapitalizados pois na tentativa de salvar seus negócios perderam o pouco que tinham, agora estamos a assistir o mesmo filme com a av. Washington Luis onde se desenvolve o serviço de colocação de condutores de águas fluviais, serviço necessário sem dúvida, porem e preciso que se lembre dos comerciantes ao longo desta avenida que não podem ficar a mercê da vontade do poder publico que verdadeiramente não conhece o valor do suado dinheirinho ganho com dificuldade com a batalha do dia a dia.


O poder público principalmente em nosso País não sabe o que é ter que batalhar o sustento de algumas famílias na batalha pela vida, o poder Público quando necessita de algum aumento na renda simplesmente aumenta os tributos em uma ou outra área da economia e pronto ta resolvido, como já disse este serviço e de fundamental importância para a solução dos transtornos que sempre tivemos com as águas pluviais que trazem sujeiras e até provocam alguns acidentes residenciais no centro da cidade, porém é preciso lembrar que em uma estrutura não se resolve um problema destruindo o que já esta implantado e em funcionamento.


Se não fosse possível algum tipo de solução ate que se poderia dizer: “Para melhorar é preciso piorar”, e isto não é verdade para melhorar e preciso causar o menor impacto possível e isto é possível, faça se alguma coisa temporária para que não venhamos assistir o fechamento de alguns estabelecimento comercial ao longo desta avenida tenham consideração com o seu contribuinte que além de empregar nossos trabalhadores contribuem para os cofres públicos.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

DADO PONTAPÉ INICIAL DA CAMPANHA DE NÃO FEDERALIZAÇÃO DA CELG


Foi dado início, durante a manhã de hoje na praça do Bandeirante, à Campanha de não federalização da Celg. A Campanha está sendo realizada pelo Stiueg em parceria com todos os trabalhadores das empresas filiadas ao sindicato e seguimentos organizados da sociedade e tem como principal objetivo fazer um “abaixo-assinado”, envolvendo todos os goianos, para cobrar do governo de Goiás que não entregue a Celg para o governo federal.


Somente hoje foram colhidas mais de mil assinaturas em frente à Pç. Do Bandeirante, no Centro de Goiânia. A campanha durará dois meses e terá como ápice a entrega do documento aos deputados goianos e ao governador do estado.


Boa parte da população goiana acredita que a federalização da Celg é a única solução para a crise da empresa. O que queremos mostrar com essa campanha, que também visa conscientizar o povo, é que a federalização nunca foi e nem será solução para a crise da empresa. Em todos os estados brasileiros em que as estatais de energia foram federalizadas, a qualidade do serviço caiu, além de centenas de trabalhadores terem ficado sem seus empregos. Queremos deixar claro para a população que a Celg deve permanecer estatal, porém com um controle social adequado para que os desmandos e desvios que ocorrem hoje na empresa, sejam extintos.

No “abaixo-assinado” também estão colocados pontos como a criação de um Conselho de Controle Social nas estatais goianas como Celg e Saneago e também a exigência de que a CPI da Companhia revele os verdadeiros culpados pela crise na empresa e que os mesmos sejam punidos.

Você trabalhador, desempregado, estudante, aposentado, pensionista, dona de casa  mobilize-se e também colha assinaturas para o “abaixo-assinado”. A partir de amanhã o documento estará disponível no site do Stiueg para que você imprima e leve para as pessoas que você conhece assinarem. O patrimônio é de todos e, caso a Celg seja federalizada, a conta mais cara também será de todos.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

LEI 12.014/2009 FAZ JUSTIÇA COM PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

Que ninguém ouse tratar de forma diferenciada profissionais da educação, a lei 12.014/2009 sancionada pelo Presidente da República acaba com discriminação sofrida pelos profissionais administrativos Brasil a fora, ela coloca em igual condição todos trabalhadores  da educação, sem dúvida uma grande conquista dessa categoria que a muitos anos tem lutado por essa vitória, é certo que apartir daqui outras lutas virão.


 Uma vez que Lei no Brasil  quando é para trabalhador cumprir  tem que ser  á risca, o mesmo não ocorre quando é  o poder Público que tem que arcar com suas obrigações e responsabilidades, basta lembrar da lei que instituiu o Piso Salarial Nacional dos professores, que tem sido alvo de grandes  batalhas pelos profissonais da educação junto ao Sintego para que Prefeitos cumpram a lei, estamos vivenciando  essa situação aqui em Itumbiara, e é preciso não arredar o pé porque o prejuizo que esses profissionias tem levado não é brincadeira, a lei existe cumpra-se. acompanhe abaixo a integra da lei 12.014/2009


Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos





LEI Nº 12.014, DE 6 DE AGOSTO DE 2009.

Altera o art. 61 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, com a finalidade de discriminar as categorias de trabalhadores que se devem considerar profissionais da educação.





O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:



Art. 1o O art. 61 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, passa a vigorar com a seguinte redação:



“Art. 61. Consideram-se profissionais da educação escolar básica os que, nela estando em efetivo exercício e tendo sido formados em cursos reconhecidos, são:



I – professores habilitados em nível médio ou superior para a docência na educação infantil e nos ensinos fundamental e médio;



II – trabalhadores em educação portadores de diploma de pedagogia, com habilitação em administração, planejamento, supervisão, inspeção e orientação educacional, bem como com títulos de mestrado ou doutorado nas mesmas áreas;



III – trabalhadores em educação, portadores de diploma de curso técnico ou superior em área pedagógica ou afim.



Parágrafo único. A formação dos profissionais da educação, de modo a atender às especificidades do exercício de suas atividades, bem como aos objetivos das diferentes etapas e modalidades da educação básica, terá como fundamentos:



I – a presença de sólida formação básica, que propicie o conhecimento dos fundamentos científicos e sociais de suas competências de trabalho;



II – a associação entre teorias e práticas, mediante estágios supervisionados e capacitação em serviço;



III – o aproveitamento da formação e experiências anteriores, em instituições de ensino e em outras atividades.” (NR)



Art. 2o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.



Brasília, 6 de agosto de 2009; 188o da Independência e 121o da República.



LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA

Fernando Haddad





segunda-feira, 23 de novembro de 2009

TRANSITO DE ITUMBIARA VERDADEIRA BARBARIE

Nosso internauta participa, opina e escreve para o nosso blog, nessa interação fazemos valer o poder popular, acompanhe abaixo.


O que estamos assistindo na chamada organização do transito de Itumbiara e uma barbaridade não podemos classificar de amador o responsável por este serviço, devemos chamá-lo de irresponsável pois não á ordem no comando dos serviços causando assim uma verdadeira bagunça no transito, em uma única rua se encontra sinais que verdadeiramente desorienta um condutor de veiculo, quem cuida desta área deve lembrar que sinal de transito não e só para as pessoas que residem na cidade este serviço e para todos da cidade ou não.


Acredito que ate mesmo os agentes de transito não sabem como se comportar com esta desordem que esta esse setor, imagine um agente de transito autuando um motorista por estar na contramão, como saber que este veiculo esta na contra mão se em cada esquina existem sinais que só desorientam o condutor.


O que assistimos e uma verdadeira bagunça do transito, será que não temos nenhuma autoridade com autonomia para questionar tal desmando? esta cidade esta mesmo sem comando, quem sabe um belo show de alguma dupla caipira não resolve este problema acorda povo de Itumbiara pois os veículos de comunicação que tem concessão publica e tem a obrigação de informar a sociedade e ate criticar os dirigentes públicos infelizmente só fazem desinformar a sociedade pois estão profundamente comprometido com estes dirigentes, estamos vivendo em Itumbiara uma verdadeira ditadura da informação, obrigado.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

ITUMBIARENSE QUE MERECE O NOSSO ORGULHO

Do UOL Esporte
Em São Paulo




Em 5 meses no Brasil Vôlei Clube, Dante disputou Paulista, Sul-Americano e Jogos Abertos do Interior


 
Dante não defende mais o Brasil Vôlei Clube. Repatriado há apenas cinco meses, o jogador de 29 anos encurtou seu período de permanência no país e retornará ao voleibol russo. O ponteiro aceitou proposta do Dínamo de Moscou, mesmo time que atuou na última temporada, e fica em São Bernardo somente até o dia 30 deste mês.




“Apesar de ter contrato de um ano, foi uma proposta irrecusável. Eu pensei bastante antes de tomar essa decisão, pois estou muito feliz no Brasil Vôlei Clube. Aqui, tenho tudo o que um atleta precisa e consegui isso no momento em que eu queria muito voltar para o meu país. Estava com o meu filho, Antônio, doente e encontrei nesse clube tudo o que eu realmente precisava”, disse Dante.



Embora o Brasil Vôlei tenha perdido o patrocínio do Santander após 25 anos, a mais longa parceria da história do esporte brasileiro, o ponteiro fez questão de esclarecer que a indefinição da continuidade da equipe não interferiu em sua decisão de voltar para a Rússia.



“Essa não foi minha preocupação em momento algum. Enquanto estive aqui [desde junho deste ano], recebi todos os salários em dia e tenho certeza que o time não ficará sem um bom investidor. Conheci toda a estrutura e pude confirmar o trabalho que é realizado aqui”, explicou.



Dante falou também sobre as dificuldades que o Brasil Vôlei Clube terá com a sua saída. “Fico chateado em ir embora no meio da temporada. É a primeira vez que acontece isso na minha carreira e sei que será difícil encontrar uma peça para me substituir neste momento.”



O contrato com o Dínamo de Moscou é de apenas cinco meses para as disputas do Campeonato Russo, Europeu e a Copa Russa. Enquanto esteve no Brasil, Dante disputou o Paulista, Sul-Americano de Clubes e os Jogos Abertos do Interior, mas ficará de fora da principal competição do calendário nacional, a Superliga masculina, que deve começar no início de dezembro.



Presente na campanha da prata olímpica nos Jogos de Pequim-2008, Dante chegou a ser convocado pelo técnico Bernardinho e treinou em Saquarema (RJ) com o restante da seleção, mas não chegou a ser aproveitado em nenhum torneio por causa de problemas pessoais.



Com a situação de saúde do filho estabilizada, o jogador afirma que pôde aceitar a proposta da equipe russa. “Voltei para o Brasil ganhando menos do que lá. A Rússia tem o voleibol mais valorizado do mundo. Eles pagam muito bem e a proposta de agora foi infinitamente superior a da temporada passada. Tenho que pensar também no meu lado pessoal, no meu futuro e, só por isso, estou indo”, explicou Dante.



O presidente do Brasil Vôlei, José Montanaro Junior, lamentou a saída do ponteiro. “Realmente é uma proposta muito vantajosa financeiramente. Acredito que é o valor mais alto do vôlei mundial. Porém, é muito complicado olharmos somente sob o ângulo financeiro, já que quando ele veio para o Brasil Vôlei/São Bernardo foi com o melhor contrato do país, assumiu um compromisso com a equipe e todo o time foi estruturado em função desse jogador”, falou.



“E com a sua saída na metade da temporada, depois de chegarmos em todas as finais que disputamos, certamente teremos impactos negativos no grupo em vários aspectos e ainda ficaremos com a equipe mais vulnerável. Perdemos um grande jogador, campeão olímpico, e muito experiente. Nós e toda a comissão técnica estamos empenhados em buscar as melhores alternativas para fortalecer nosso time”, finalizou Montanaro.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

OLHA A FELICIDADE DO CHARGISTA NESSE TRABALHO


STIUEG REALIZOU 10º CONGRESSO DOS URBANITÁRIOS

Nos dias 5 6 e 7 de novembro a Diretoria do STIUEG realizou o 10º congresso dos urbanitários do Estado de Goiás, uma das marcas do evento foi a realização do mesmo dentro da estrutura do Sindicato, no clube de Caldas Novas com a participação de mais de 100 delegados e palestrantes de eixo Rio- São Paulo e de Goiânia, a Diretoria do Stiueg avaliou  que esse foi o melhor Congresso da História dos trabalhadores de saneamento e energia  seja pelo numero de participantes ou pelo nivel dos debates que aconteceram.

A conjuntura política e a crise mundial foi o tema do debate de abertura no dia 05, com as presenças do presidente nacional do PSTU e ex candidato a presidente da República José Maria e  Martiniano Cavalcanti, presidente estadual do PSOL.

Dia 06  temas  ligados ao setor elétrico crise da Celg, federalização e privatização, saneamento, conjuntura e perspectivas para o setor acaloraram os ânimos dos presentes, e fechando o encontro no dia 07 com o tema sobre  Assédio Moral. Nessa oportunidade a Direção do Stiueg lançou uma cartilha sobre as formas de como se dá o assédio moral no local de trabalho, informações de grande valía para a classe trabalhadora, que tem sofrido humilhações e constragimentos no local de trabalho.


Já podem ser acessados no site http://www.stiueg.org.br/ diversos vídeos feitos durante o 10º Congresso dos Urbanitários de Goiás. Entre os vídeos estão entrevistas com os palestrantes, depoimentos dos participantes do Congresso e um balanço do encontro feito pelos diretores do Stiueg. acompanhe abaixo:

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

ENQUETE SOBRE SAÚDE MOSTRA INSATISFAÇÃO DO CIDADÃO

Em enquete realizada por esse blog sobre a satisfação dos usuários com a qualidade do serviço Público de Saúde em nosso Município, 13% dos internautas disseram estar satisfeitos com o atendimento na área da Saúde, enquanto a grande maioria 86% afirmaram estar insatisfeitos com esse serviço, essa realidade nos coloca frente a muitos questionamentos.

Até quando vamos ter que conviver com essa situação? Seria justificativa plausível para o nosso povo dizer que não é só aqui, isso ocorre em todo lugar. Quando é que de fato esse debate será aberto com a nossa sociedade? Porque não buscamos ações que possam servir de bons exemplos aos demais Municípios? Quem disse que o gestor público não pode investir mais do que manda a lei? 

Penso que é exatamente aí que está o X da questão, é preciso da uma injeção de recursos e dar transparências nas ações, investir mais e melhor,  atuar em ações de políticas preventivas pois são menos onerosas e de resultados altamente positivo.

domingo, 15 de novembro de 2009

USE O CINTO DE SEGURANÇA OU SINTO MUITO

Estou chamando a sua atenção internauta para a importância do uso do cinto de segurança. Aqui em Itumbiara é comum vermos os condutores não fazer o uso do cinto, o que contraria a lei e a sua segurança, então assista o vídeo abaixo, é uma pena que o mesmo não seja dublado, mas as cenas falam por si.

E aqui vai o meu alerta: adquira o hábito do uso do cinto des segurança ou você, além de atentar contra si próprio, ainda pagará severas multas, é isso mesmo, você está sendo multado de forma invísível em nossa cidade, então esse blog cumprindo o seu papel faz campanha pelo o uso consciente e alerta você quanto aos danos por não usá-lo:

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

HOJE TEM SEÇÃO NA CAMÂRA MUNICIPAL, TODOS PRA LÁ

Na noite de hoje acontecerá seção ordinária da Camâra de vereadores, na pauta a discussão sobre Segurança Pública, é de grande importância a presença da sociedade não só para esse tema más, principalmente pra que você fiscalize o papel e ações dos nobres vereadores, o tema de hoje chama atenção pelo  aumento alarmante da criminalidade em nossa cidade e região.  

Na última segunda feira 09/11 aconteceu por lá uma sabatina ao Secretário de Saúde e os Diretores do Hospital Municipal acerca da situação de prestação de serviço a população da cidade. Pra nossa alegria o plenário estava super lotado de pessoas que foram a maioria alí para apreciar  o projeto que trata do Plano de Carreira do trabalhadores da Educação Municipal, não acontecendo a devida apreciação pois o projeto não se encontrava em pauta, o que foi prometido pra hoje quinta feira 12/11 a grande maioria dos presentes não arredou o pé, do plenário quando viu a importância do tema que iria ser discutido naquele momento.

Todos nós sabemos da precariedade que vive esse setor aqui em Itumbiara, más quando se houve relatos da comissão de vereadores que fizeram uma visita nas instalações do Hospital Municipal, a situação fica ainda mais preocupante.

Parte do relatório fala das condições de higiene e limpeza: È de assustar, aquela unidade de Saúde como dizia o Vereador Bengala conta com mais de 5 mil metros quadrados de área construída e conta com somente com 7 funcionários para cuidar da limpeza por turno de serviço, o que torna quase impossível realizar um serviço com a qualidade ideal para uma unidade de saúde, pois trata-se de unidade hospitalar com grande risco de contaminação a começar pelo piso que não é adequado para o ambiente, paredes com infiltrações, banheiros destinado ao público em péssimas condições entre outras situações.

Más o que maís chamou a atenção durante a seção naquela noite, foram as palavras do Diretor Clinico HMMC, com tranquilidade e sinceridade falou sobre o caos em que se encontra aquele setor, em seguida  os vereadores se alternavam na tribuna e a maioria dos  presentes ficaram supresos ao tomar conhecimento de que aquela unidade de saúde, ainda não conta com um conjunto gerador de energia, que entra em funcionamento quando ocorre queda na energia, a exemplo do apagão na noite de terça feira, imagine o centro cirúrgico funcionando nessas condições, pois é foi relatado lá que ja houve caso de cirurgia que foi terminada com luz de lampião e lanterna, pasmem.

Em relação ao atendimento, entrega de remédios, médicos plantonistas, motoristas de ambulâncias e outras questôes o Secretário disse trabalhar de forma técnica e com o que tem em mãos, e exigindo o cumprimento das obrigações a risca por parte funcionários sejam médicos ou não, e que por não ser político não tem dificuldade de dizer "não" em qualquer situação.

TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO E DEMAIS SETORES UNI-VOS E MAIS FORÇA TERÃO.




REFORMA DA CATEDRAL

Esse e-mail foi enviado pelo Sr Francisco  Lucena, e o blog abre o espaço como é o nosso compromisso para que ele destaque sobre aquilo que acha importante refletir. lucenaorando@gmail.com

Bom dia pessoal do blog, estou mandando esse e-mail e quero muito ve-lo publicado nesse espaço que é o único que fala e relata a verdade na nossa cidade.

Ficou muito bonita a Catedral de Santa Rita de Cássia com a recente reforma patrocinada pela Prefeitura de Itumbiara: o interior da nave da igreja, os adereços, o mobiliário, a nova pintura externa, a caríssima iluminação, tudo feito com muito esmero, de modo a orgulhar a católicos de nossa cidade. Muitíssimo importante, se não houvesse outras questões também importantes em jogo.

Quanto custou a  reforma? Um milhão? Seria esta a prioridade número 1 em se tratando de gasto do dinheiro público? E as outras religiões, receberam o mesmo tratamento por parte da prefeitura? Não!

Eu pertenço ao seguimento evangélico  e não concordo com esse tipo de situação,
Reflitamos: Enquanto na Itália, berço mundial do catolicismo, a justiça manda retirar crucifixos das salas de aula em respeito às demais crenças religiosas, mesmo que minoritárias, aqui em Itumbiara a discriminação e o abuso de poder são praticados livremente as custas do dinheiro público, à revelia da vontade popular.

Eu e nem ninguém que conheço foi consultado se concordava com esse imenso gasto,  sendo que as necessidade da cidade são outras principalmente saúde e segurança pública, ja que aqui Itumbiara  está ficando difícil de conviver com essa situação, desculpe pelo desabafo, oro ao SENHOR JESUS A TODO INSTANTE PARA ILUMINAR A CABEÇA DO POLÍTICOS DA CIDADE, QUE FAÇA A COISA CERTA AS COISAS DE DEUS, COMEÇANDO PELOS HUMILDES, O POVO POBRE.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

SMT X TRÂNSITO

Não é de hoje que somos sabedores das dificuldades que temos em transitar pelas ruas de nossa cidade, observamos meio a essa situação a Superintendência Municipal de Trânsito adotar algumas medidas algumas acertadas outras longe disso.

O fato de se mudar sentido de ruas e a mudança não vir acompanhada de uma campanha de esclarecimento que envolva a imprensa escrita, falada e televisiva  é um erro grave, o cidadão está muita das vezes acostumado a trafégar por  determinadas  ruas por  muitos e muitos anos e de forma brusca o sentido se torna proíbido ou permitido.


No caso de sentido proíbido o cidadão que não foi avisado ou informado da mudança acaba sendo vítima de punições através de multas, que são absurdamente caras. Se ao menos existisse a campanha informativa com uma semana de antecedência de acontecer a mudança, concordaria com a situação, más isso não ocorre, e o povo tem se revoltado com esse tipo de tratamento da SMT.

Esse fim de semana mais precisamente domingo 08/11, passando alí pela Av. Osvaldo Cruz, no cruzamento da Av Pedro Alvares Cabral e Rua Caétes percebí que um semáforo fora instalado no local, e verifiquei tambem que houve graves falhas na sinalização para que trânsita no sentido Vila Beatriz - Rodoviária.


1º um pé de manga tira a visão do condutor impedido que o mesmo possa visualizar o semáforo a uma distância razoável, veja na foto.

2º- A conversão a direita para seguir na rua Caétes foi proibida, só se esqueçaram de colocar uma placa de sentido proíbido. É um absurdo o que se faz com o cidadão, depois que você ja fez a converção a direita existe no poste de energia uma placa de sentido proibido, só que para quem segue nesse sentido é impossível visualizar a mesma, pois ela foi instalada para quem segue sentido Rodoviária - Vila Beatriz.


Ausência de sinalização: proibindo conversão a direita.


 A continuar assim multas vão  acontecer, e a quem o povo vai recorrer desse absurdo? pra própria SMT, é brincadeira?. E não para por aí, com essa onda de instalação de semáforo pela cidade que é necessário sim em alguns cruzamentos, outros nem tanto, não existe sincronismo entre os semáforos não. Ex.se acontecer de cinco ou seis veiculos estar ao lado da papelaria modelo sentido av Trindade e o sinal abrir, dificilmente os dois últimos conseguirão cruzar ou converter na rua Padre Felix, esse é só um exemplo, existem várias outras situações.

sábado, 7 de novembro de 2009

ELEIÇÕES 2010

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

BAIRRO NOVA AURORA RECEBE VISITA DE DIRIGENTES DO CONRAC

Mais uma blitz do CONRAC, Conselho Regional das Associações Comunitárias e Outras do Sul de Goiás, dessa vez no Bairro Nova Aurora, um dos mais antigos da nossa cidade. Fomos lá a atendendo pedido de moradores daquele setor devido aos vários problemas que estão enfrentando naquela região.

 Na chegada nos deparamos com um loteamento em andamento,


com ruas abertas algumas casas e sem asfalto e água, rede coletora de esgoto e galeria pluvial;


Ruas do bairro Nova Aurora







O  ponto de ônibus que ali colocado pela Associação de moradores esta nessa situação



 em seguida observamos o abandono das duas praças que existem no bairro essa na av Calixto Jorge esquina c/ Alagoas , são pequenas para o tamanho da população que reside ali, más nem por isso estão sendo lembradas pela administração Municipal







o mato tomou conta da calçada quebrada; ponto de ônibus que ali foi colocado pela Associação de moradores sequer foi dado manutenção, já que não custou nada aos cofres do Município.


Calixto Jorge esquina com Sergipe, é de fazer vergonha essa situação


O contranste se nota bem perto do bairro, o esforço que é feito para garantir a beleza na Beira Rio

      " más pra nós não vem nada, dizia uma moradora inconformada."


Percebemos que a tão anunciada troca de postes de madeira pelos de cimento, também não aconteceu ali, “ e já estamos pagando muito caro a conta de energia, sem receber nenhum beneficio” dizia a sua vizinha.

 E não para por aí os problemas, pouco acima na parte alta do Bairro junto à BR 153 foi construído uma passarela que liga o Bairro que tem asfalto com o mesmo Bairro sem asfalto, o que trouxe uma grande revolta aos moradores daquele setor. Na foto acima uma mãe espera com a filha a passagem do veículo de carga para atravessar a via, e olha que ja havia passado pela passarela.

   O ideal é que com a duplicação da BR 153 os nossos líderes políticos tivessem na época a senssibilidade de acompanhar o projeto e exigir que fosse construído um túnel ou um viaduto, como é feito em cidades muito menores que Itumbiara. Mas não! gastaram o nosso dinheiro com uma passarela que foi idealizada por um iluminado que não entende sequer de segurança dos usuários.

 pois ela foi montada sobre a rodovia e acaba antes da via que é utilizada por todos os veículos de carga que adentram o posto fiscal do Estado, esse grave problema que não é visto pelo Poder Público Municipal, ocorre nos dois lados da passarela,

sendo assim, um fator de grande risco para os seus usuários, os pais tem que acompanhar seus filhos todos os dias para ir e vir da escola por não ter segurança naquela maldita travessia, já que a outra alternativa de travessia está nada mais nada menos que quatro quilômetros dali.

 Piorando a situação veja que os veiculos longos e pesados que passam pelo Posto Fiscal JK, se deslocam por mais de 700 metros até  voltarem pra BR 153,

levantando uma constante cortina de poeira 24 hs por dia ocasionando grandes transtornos para os moradores do setor

 isso não foi lembrado também pelos mentores que executaram a reforma do referido Posto de Fiscalização, pois no mínimo deveriam fazer o serviço de forma completa

Ruas sem asfalto, rota de tráfego pesado,  caminhões carregados de areia diariamente o povo sofre com a poeira ou barro,



 falta asfalto e o matagal toma conta das ruas






pelo viaduto o acesso ainda é de forma improvisada e muito distante. Essa é uma situação de total falta de compromisso da Prefeitura Municipal com os cidadãos daquele setor,


 será que não conhecem a nossa cidade? Será que não conhecem o sofrimento daqueles que ficaram isolados naquele Bairro, sem asfalto, sem rede de esgoto, sem poda do matagal que invade o setor.


 É uma realidade cruel que constatamos e estaremos lutando junto com aqueles moradores para buscarmos uma alternativa que atenda às suas necessidades. Esse é o compromisso do CONRAC enquanto entidade de luta social. Contra opressão só vale a mobilização popular. Aqui um flagrante da situação caótica, um veículo sobe na contramão por falta de acesso adequado ao setor isolado da cidade.

Arquivo do blog