Full Banner

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

O SOFRIMENTO DO CIDADÃO CONTINUA



Quem passa pela avenida Washington Luiz e nas proximidades da Rodoviária, ali na rua Mariano Hungria quase não acredita no que vê. Há pelo menos 04 meses atrás foi iniciada as obras de construção de galerias de água pluviais ao longo daquela avenida.

Uma boa iniciativa, haja visto que isso é um a problema crônico em nossa cidade; é só repararmos a cada chuva que acontece que o problema se agrava inclusive com conseqüências danosas para a nossa população.

E mais uma vez esse Blog afirma que em Obras, o planejamento, o gerenciamento, a fiscalização, o início e o prazo de entrega são fundamentais para que no mínimo os impactos sejam diminuídos e o objetivo principal que é de entregar a obra a população possa acontecer de forma menos traumática.

O cidadão mais do que nunca exige respeito e zelo por parte do Poder Público, tudo que vem desse poder vem em forma de benefício, pois obras nada mais é do que uma mercadoria que vem em benefício da coletividade, e que já foi paga anteriormente, claro com os impostos arrecadados em tudo aquilo que consumimos, restando somente aos gestores Públicos entender que prestar um serviço e respeitar os direitos do cidadão, é tão simples quanto qualquer outro compromisso de compra e venda que fazemos no dia-a-dia, e sem achar que isso é favor, o que quase sempre acontece na esfera Pública.

Voltando para o início da nossa conversa, uma obra de grande importância como a construção de galerias de águas pluviais tem se tornado um verdadeiro transtorno para os moradores da Av: Washington Luiz e Mariano Hungria, sem dizer nos que moram nas redondezas que também enfrentam essa situação.


Converse com os comerciantes dessa região e pergunte qual tem sido o seu prejuízo desde o início da obra, era difícil prever que o período chuvoso estava chegando? não me venha colocar a culpa em São Pedro , isso não!.

                                      piscinas se águas da chuva se forma ao longo da avenida

                                Escola Polivalente, funcionários e alunos sofrem com a situação


Veja o risco que corre quem traféga pela via, manilha de concreto no centro da rua sem nenhuma sinalização.

Comercio, ponto de ônibus e acesso a Clinica nessas condições.

cena comum ao longo da avenida




Na região do entorno da Rodoviária até abaixo assinado foi feito pelos comerciantes que temem sofrer como os moradores e lojistas da avenida Washington Luís, para que as obras não prossigam dado o volume de chuvas e a paralisia que tomou conta do andamento das obras, e isso se justifica: É que com a chegada do Natal e Fim de Ano, as vendas ficam aquecidas, esse transtorno só irá atrapalhar o comércio forte dessa região, é preciso que uma solução seja encontrada, pois o empresário que gera emprego e divisas, vendendo ou não sua mercadoria, paga sua onerosa carga de tributos aos cofres Públicos.



                                 Observe as fotos e imagine as dificuldades de quem mora no local.

                            Acesso a garagem e locomoção de todas as formas é quase impossível.

Não é facíl conviver com a incerteza de quando isso tudo vai acabar, até quando o cidadão suporta?

Essa é uma breve amostra do que não fazer em período chuvoso, e digo já, não precisa ser Engenheiro nem arquiteto ou construtor para saber disso, bom senso basta.


Um comentário:

Anônimo disse...

E bom esclarecer a todos que estão lendo esta matéria, o quanto é importante mostrar o que esta acontecendo na av. Washington Luiz e setor rodoviário, uma calamidade.
A mesma obra é sem duvida de suma importância para nossos bairros e a nossa querida cidade, más um agravante esta acontecendo, eu como morador já não estou agüentando mais, vou me mudar daqui o mais rápido possível (av. Washington Luiz).

Não é possível circular por esta avenida que é tão importante para nós, pois a mesma é caminho ao centro da cidade, quando não é poeira é lama, sujam nossas calçadas e casas, que pagamos nosso IPTU todo ano, nossos carros que pagamos o IPVA todo ano, e não estamos tendo nada em troca, nem mesmo um paliativo para aliviar a situação, que o mesmo poder publico,causou.

E os comerciantes e funcionários? é de dar dó, empresários aqui estabelecidos tentando ganhar a vida, passando por esta situação; conversei com alguns e me disseram que se perdurar este caos, demissões vão acontecer pois seus faturamentos estão caindo por lama abaixo.

Se fala muito da av. Itarumã que ficou 1 ano na mesma situação; hoje vivemos outra realidade e outro momento econômico e acredito eu que a av. Washington Luiz emprega mais gente que a Itarumã, sendo assim faltou e falta planejamento, conduta e responsabilidade para com esta população. sofrida.

Peço aqui neste blog, com muita humildade, para que o Sr. Prefeito nos ajude porque não é só Natal e Ano Novo, tem janeiro, fevereiro, março...
Faça pelo menos um paliativo como foi feito abaixo da funerária que já nos ameniza.
Aqui um cidadão sofrido, e olhem as fotos acima.
obrigado!!!

Arquivo do blog