Full Banner

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

MAIS UMA VEZ ITUMBIARA APARECE EM LIGAÇÕES COM CACHOEIRA

É a segunda vez que o nome de nossa cidade aparece em situações que ligam políticos locais ao contraventor Carlos Cachoeira, dessa vez o Deputado Alvaro é citado por ter recebido dinheiro da Alberto e Pantoja empresa do Esquema Cachoeira, através do aliado de toda cúpula politica de Itumbiara Ex. Senador Demóstenes Torres, veja reportagem de O Popular de hoje, 12 de setembro 2012.



segunda-feira, 10 de setembro de 2012

TAC DO SILÊNCIO – ALÍVIO PARA O ELEITOR ITUMBIARENSE


TAC DO SILÊNCIO – ALÍVIO PARA O ELEITOR ITUMBIARENSE
 por Gustavo Samuel da Silva | 
Leitor, tire o fone de ouvido por um instante e escute... escute o silêncio em Itumbiara. Que coisa agradável não ter alguém berrando: “vota em mim, vota em mim, vota em mim, vota em mim”, não é?
O Psol teve a iniciativa e foi a luta, veja no link:  http://tribunapopularitumbiara.blogspot.com.br/2012/07/psol-de-itumbiara-solicita-ao.html , enquanto nada de novo acontecia duas  coligações deitaram e rolaram com potentes trios elétricos por toda cidade, em total desrespeito a ordem pública, o MP intimou as partes que compareceram e a tese do Psol do candidato João Maria  ganhou força.  


Saiba que um dos mais preciosos instrumentos da democracia brasileira funcionou para garantir esse mínimo de paz a você. O instrumento se chama Ministério Público. O mesmo que é escandalosamente atacado pela imprensa e políticos locais por fiscalizar verba pública, interpelar nossos administradores sobre contratos  obscuros, por defender áreas de preservação permanente.
Sinceramente, acho que todos nós já estávamos ficando loucos com tanto barulho. Por que raios acreditam que repetir estridentemente o nome, o número da legenda e uma musiquinha infernal vai garantir algum voto?
Propaganda com poluição sonora é um golpe doloroso à democracia. É chamar o eleitor de idiota. É não confiar que o cidadão tenha condições de pensar nas melhores propostas e escolher bem seu futuro. Ou será que quem se vale de tal artifício sabe que não tem plano algum para o futuro da nossa cidade e tenta deixar o eleitor tonto e desvairado o suficiente para apertar o primeiro número que lhe vem à mente, que por sinal, é a mais estridente e chata de todas?
Escute, leitor, o silêncio e agradeça à essa instituição democrática valiosa que nós temos, tão importante quanto seu voto no mês de outubro. E lembre-se desse prazeroso silêncio quando alguém ousar criticar um promotor de justiça por fazer seu trabalho.

“Não há arauto mais perfeito da alegria do que o silêncio” – Willian Shakespare


Arquivo do blog