Full Banner

terça-feira, 27 de abril de 2010

DENGUE AVANÇA EM ITUMBIARA


Diferente do que é anunciado  pela imprensa oficial aqui em Itumbiara os casos de Dengue se multiplicam a cada dia, só Deus pra nos ajudar já que no ano passado  milhares de casos ocorreram, aumentando e muito o risco  dos  reincidentes, ou seja, pessoas que pegaram dengue antes, ter novamente a doença e essa vir de forma hemorrágica que é em muitos casos fatal para quem contrai, se ao menos o Município  tivesse estrutura suficiente que permitisse ações de controle mais eficaz de combate ao mosquito, a população poderia se tranquilizar fazendo sua parte.


Como essa hipótese está descartada o melhor é todos nos unirmos para e combatermos os criadouros em nossas casas e em outros ambientes que possam contribuir com a proliferação dos mosquitos, essa ação é necessária, já que só com o pessoal do setor será impossível realizar essa tarefa. Precisamos é de estrutura, basta um pouco de boa vontade e se gastaria pra isso, talvez menos que a locação da estrutura para o show de Zezé de Camargo e Luciano anunciado para os próximos dias. Estamos de olho.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

SURPRESA: QUEDA NO VALOR DA TAXA DE ILUMINAÇÃO


Quem recebeu a conta de energia desse mês, no mínimo está sendo surpreendido com a queda no valor da taxa de iluminação publica (COSIP emenda 39), nada menos que ¼ do valor cobrado anteriormente foi apresentado agora aos consumidores, agora precisamos saber o que está acontecendo, já que o Sr. Secretário Municipal da Fazenda disse com firmeza que a cobrança é legal


Seria então nesse caso uma pegadinha? Presente de Papai Noel antecipado? Erraram o cálculo? A diferença vem no próximo mês? Quem pode nos orientar? Ou seria a ação do Ministério Público que em sua tese começa a mudar os rumos dessa cobrança abusiva? Tomara que seja isso de fato, pois uma vez comprovado o abuso de se atrelar o valor da taxa ao consumo interno de cada unidade consumidora, a coisa muda de figura e muito.



Semana passada falamos que em Bom Jesus a 60km daqui o valor mais alto a ser cobrado do consumidor, não ultrapassa o valor de R$ 7,00 muita coisa terá que ainda ser esclarecida por parte dessa Administração com relação aos recursos arrecadados pelo FUNDIP Fundo Municipal da Iluminação Pública a metodologia usada para encontrar valores a serem pagos pelo contribuinte é uma incógnita, transparência com os recursos arrecadados e sua aplicação não existe.


O melhor é esperar e torcer para que o Ministério Público como nosso legitimo defensor na pessoa do Promotor Reuder Cavalcanti, possa nos trazer em breve uma decisão favorável que contemple o nosso desejo de justiça com essa situação, aí sim poderemos realmente buscar os nosso direitos. Aguarde mais informações a respeito desse tema

Arquivo do blog