Full Banner

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

SMT X TRÂNSITO

Não é de hoje que somos sabedores das dificuldades que temos em transitar pelas ruas de nossa cidade, observamos meio a essa situação a Superintendência Municipal de Trânsito adotar algumas medidas algumas acertadas outras longe disso.

O fato de se mudar sentido de ruas e a mudança não vir acompanhada de uma campanha de esclarecimento que envolva a imprensa escrita, falada e televisiva  é um erro grave, o cidadão está muita das vezes acostumado a trafégar por  determinadas  ruas por  muitos e muitos anos e de forma brusca o sentido se torna proíbido ou permitido.


No caso de sentido proíbido o cidadão que não foi avisado ou informado da mudança acaba sendo vítima de punições através de multas, que são absurdamente caras. Se ao menos existisse a campanha informativa com uma semana de antecedência de acontecer a mudança, concordaria com a situação, más isso não ocorre, e o povo tem se revoltado com esse tipo de tratamento da SMT.

Esse fim de semana mais precisamente domingo 08/11, passando alí pela Av. Osvaldo Cruz, no cruzamento da Av Pedro Alvares Cabral e Rua Caétes percebí que um semáforo fora instalado no local, e verifiquei tambem que houve graves falhas na sinalização para que trânsita no sentido Vila Beatriz - Rodoviária.


1º um pé de manga tira a visão do condutor impedido que o mesmo possa visualizar o semáforo a uma distância razoável, veja na foto.

2º- A conversão a direita para seguir na rua Caétes foi proibida, só se esqueçaram de colocar uma placa de sentido proíbido. É um absurdo o que se faz com o cidadão, depois que você ja fez a converção a direita existe no poste de energia uma placa de sentido proibido, só que para quem segue nesse sentido é impossível visualizar a mesma, pois ela foi instalada para quem segue sentido Rodoviária - Vila Beatriz.


Ausência de sinalização: proibindo conversão a direita.


 A continuar assim multas vão  acontecer, e a quem o povo vai recorrer desse absurdo? pra própria SMT, é brincadeira?. E não para por aí, com essa onda de instalação de semáforo pela cidade que é necessário sim em alguns cruzamentos, outros nem tanto, não existe sincronismo entre os semáforos não. Ex.se acontecer de cinco ou seis veiculos estar ao lado da papelaria modelo sentido av Trindade e o sinal abrir, dificilmente os dois últimos conseguirão cruzar ou converter na rua Padre Felix, esse é só um exemplo, existem várias outras situações.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog