Full Banner

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

PASSOS QUE SALVAM LEVA CIDADÃO A REAGIR EM FAVOR DO NAPCI

Aconteceu agora pela da manhã na Beira Rio em Itumbiara a caminhada Passos que Salvam, mesmo com tempo chuvoso, mas muito gostoso, pessoas de todas as idades não arredaram o pé. Esse é mais um momento de reflexão sobre a gravidade dessa doença e inúmeras pessoas também aproveitaram a oportunidade para protestar de forma pacifica e silenciosa contra a vontade do Secretário da Saúde de Itumbiara que via oficio quer botar fim ao trabalho feito pelo NAPCI a mais de 11 anos em nossa cidade, com cartazes, tarja preta, laços preto, ou alguma vestimenta preta, o povo manifestou o luto como forma de protesto.

    Inumeras pessoas caminharam na manhã de hoje

 O jovem Daniel também apóia o fortalecimento do NAPCI

                         Dia de chuva fina, não impediu as pessoas de caminhar por uma causa nobre 

     Pessoas de todas idades se manifestavam em defesa do NAPCI
  
A tarja preta virou o simbolo da manifestação silenciosa

 Mulheres e crianças passaram a mensagem

 O preto meio ao amarelo foi destaque

    Juventude em peso fez a diferença

 Famílias inteira indo a luta contra todos os males

Protesto com a criatividade e elegância feminina

            Idosos pacientes do NAPCI presente, sabem a importância da entidade em suas vidas

jovens aderem a causa por um  NAPCI ainda mais forte

jovens aderem a causa por um  NAPCI ainda mais forte

Com orgulho, estamos e luta por uma causa justa

EM DEFESA DO NAPCI

"É preciso cobrar das autoridades locais o fortalecimento do NAPCI- (Núcleo de Apoio aos Portadores de Câncer de Itumbiara), que assiste  mais de 1.000 pacientes portadores de câncer de Itumbiara,  é essa entidade que cuida do agendamento, transporte, assistência para deslocamento para várias cidades que tratam desses enfermos, o NAPCI trata o enfermo com respeito, dignidade,sensibilidade e solidariedade, que é o que as pessoas mais precisam nessas circunstâncias" dizia um doente de Câncer que estava na caminhada, ele que é uma  vitima da doença e do péssimo tratamento que recebeu da secretaria de saúde no passado, com a demora no encaminhamento, o qual o deixou com um sequela  para o resto da vida.

Reflexão: 

Você já parou para pensar como pequenos atos podem mudar o mundo? E se você tivesse a chance de combater o câncer infanto juvenil, o que você faria? Você pode começar dando um passo no intuito de despertar a população para o diagnóstico precoce do câncer infanto juvenil e de divulgar a pais e professores quais são os sinais e sintomas da doença, já que eles são facilmente confundidos com os de outras enfermidades menos graves”, explica um especialista.
Além de disseminar a informação, a Caminhada Passos que Salvam também possui uma ação prática e mais direta de combate ao câncer infanto juvenil.
A edição de 2012 foi um sucesso e arrecadou R$ 753.283,66. O recurso foi destinado para a construção da segunda parte do Hospital Infantojuvenil – inaugurada neste ano.

Porque ajudar?
Somente em 2013, mais de 12 mil crianças serão diagnosticadas no Brasil e destas apenas 50% delas receberão atendimentos. Quando são atendidas, muitas crianças e adolescentes com câncer já chegam com a doença em estágio avançado por diversos fatores: desinformação dos pais, medo do diagnóstico e desinformação dos médicos. O diagnóstico precoce do câncer infantil, muitas vezes, é prejudicado pela semelhança dos sinais e sintomas desta patologia com doenças comuns na infância. Por outro lado, os profissionais encontram dificuldade em fechar o diagnóstico, o que atrasa a busca por serviços médicos especializados, por isso, o conhecimento do pediatra acerca do câncer é determinante para o diagnóstico rápido e seguro.
Voce sabia?

Hoje o Hospital de Câncer Infanto-Juvenil é uma realidade. Tem 27 leitos, ambulatório, salas de infusão separadas por faixa etária, atendimento 24 horas, laboratórios de emergência. Uma quimioteca que une clínico a atividades de recreação e cultura conforme a possibilidade de cada paciente.

A unidade tem também um centro de entretenimento, anfiteatro, casa da cultura e brinquedoteca. A Casa da Cultura terá sete projetos diferentes destinados aos pacientes e acompanhantes, com oficinas de música, dança, teatro, fotografia, informática, entre outros. 

Nenhum comentário:

Arquivo do blog