Full Banner

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

MOBILIZAÇÃO POPULAR FAZ SECRETARIO DA SAÚDE VOLTAR ATRAS NO CASO NAPCI

Medidas  arbitrárias: reação popular, foi assim que os movimentos populares explodiram esse ano Brasil  afora, sim,  esse povo conformado, pacifico  deu mostras de que tem disposição para mudar aquilo que sendo feito pelos poderoso,  parecia não ter volta.


Quem não se lembra do aumento da passagem do transporte coletivo? Do passe estudantil gratuito que parecia ser utópico? Da perversa PEC- 37 que tirava o poder de investigação do Ministério Publico? citei aqui algumas situações que  fizeram desse ano, um marco nas lutas populares do povo trabalhador.


Em nossa Itumbiara o cidadão também deu sinais claro de que esta disposto a reagir, quando a maldade aparece  disfarçada de moralidade,  foi bem isso que aconteceu  com o NAPCI- Núcleo de apoio ao Portador de Câncer de Itumbiara. 


Diante de inúmeros argumentos apresentados, nenhum justificava a medida tão agressiva por parte da secretaria da saúde, e pra piorar o Sr. Secretário de saúde em entrevista à rádio Difusora foi muito infeliz, ao querer atribuir ao NAPCI  somente  distribuição de alimentos  aos doentes, como essa fosse sua função, um total despreparo de quem hora nenhuma reconhecia verdadeiramente o papel dessa instituição, que afirmo:  "Façam os ajuste que acharem necessário desde que seja para o fortalecimento da entidade NAPCI, que goza de credibilidade perante a sociedade Itumbiarense , por tudo que fez e fará pelas pessoas que precisam, se derem as condições dessa parceria seguir adiante".


 A atitude do Secretário em  voltar atrás nessa situação é prudente e responsável, uma vez que uma forte mobilização popular já se formava em nossa cidade, a prova maior disso foi o assunto dominando as redes sociais, nas esquinas, locais de trabalho, e a manifestação durante a  marcha “ Passos que Salvam” que aconteceu no domingo pela manhã, ninguém tinha dúvida em apoiar essa importante entidade que já é um patrimônio do povo Itumbiarense. É preciso que a nossa gente  continue mobilizada por que ao menor sinal de ataque reagiremos com firmeza doa a quem doer.







Nenhum comentário:

Arquivo do blog