Full Banner

terça-feira, 15 de setembro de 2009

EM ITUMBIARA A GRIPE SUINA É REAL OU VIRTUAL?

Ao que parece as coisas começam a fazer sentido, ja se falam publicamente de casos suspeitos da gripe suina em nossa cidade, digo isso por que somente de uns dias pra cá, é que de fato reuniões começaram a acontecer com pessoas do setor de saúde do município, reunião em escola, agora até entrevista coletiva. Que coisa hein? Dias atrás parecia que o contágio se dava simplesmente pelo o fato de comentar sobre o assunto, tão grande era o caladão em torno da questão, por parte dos responsáveis pelo setor de saúde.

Como anunciado anteriormente por esse blog, o assunto requer a mais alta importância e transparência no sentido do que é preciso ser feito para evitar a contaminação. Em outros municípios onde a postura foi outra, sem tentar esconder a verdade, todo mundo ficou ciente do seu papel no intuito de contribuir para a não proliferação desse mal, ja que por lá o município assumiu o controle da situação.

De Amarildo, publicada no jornal A Gazeta




É que entendemos que a população estando bem informada será parceira no combate ao virus H1N1, assim formaremos um exército lutando contra o mesmo inimigo, com chances reais de vencermos a guerra rapidamente. Agora quando os comandantes vacilam, é um Deus nos acuda, tornando dificil confiar em que está dando o comando. Uma boa atitude é acompanhar de fato se ações nos casos suspeitos estão acontecendo dentro do que estão falando.

Em relação ao monitoramento diário de paciente doente com suspeita do vírus, ja ocorre de fato? é isso que estão pregando, más não acontecia, posso provar. Outra situação é de certas pessoas acharem que precauções ou ações preventivas são "modismo", será que estão aí só pra receber o gordo salário, ou é por desconhecimento, ou não estão levando isso tudo a sério?

O que sei é que o povo espera por ações corretas que lhes dê segurança e tranquilidade, e quem não se sentir a altura para faze-la deve começar entregando o cargo. De qualquer forma é louvável o fato de colocar a público sobre a questão, precisando é claro de mais trânsparência.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog