Full Banner

terça-feira, 13 de outubro de 2009

MAIS UMA VEZ A SAÚDE

Centenário... Época de festa, comemoração. Afinal de contas, são cem anos desse fantástico município. A prefeitura municipal de Itumbiara fez de Outubro o mês das inaugurações, tentando, ao menos, demonstrar que está preocupada com todos os bairros e todas as áreas.


Uma área, entretanto, muito esquecida por nossos administradores é a saúde. Nesse espaço, já levantamos uma série de críticas e problemas:

- Falta de prevenção com endemias e epidemias: No início do ano foi a dengue, depois a gripe suína.

- Desvalorização do servidor: ACS, ACEs, efermeiros, motoristas de ambulâncias, médicos, todos trabalham muito e ganham muito pouco.

- Caos no Hospital Municipal: a falta de organização da secretaria de saúde com os recursos financeiros e humanos nos trouxe a vergonha do caso Maria Vitória.



Temos aqui os dados do município fornecidos pela Superintendência de Pesquisa e Informação de Goiás sobre Itumbiara, que pode ser acessado na íntegra no seguinte endereço http://www.seplan.go.gov.br/sepin/

Entre os anos de 2000 e 2008 houve um aumento de mais de 10 mil habitantes, entretanto, o número de leitos nos hospitais, cinco na cidade, cai quase pela metade. Eram 423 em 2000, 342 em 2007 e 252 em 2009.

Como comparação, observamos os dados de Rio Verde, que podem ser acessados no mesmo link acima indicado:

                                   116.552 habitantes em 2000

299 leitos em hospitais

163.021 habitantes em 2009

463 leitos em hospitais

Mesmo com um aumento menor do número de habitantes, Rio Verde quase dobrou o número de leitos em hospitais. Em Itumbiara, o número de leitos diminui drasticamente.

Apesar de tão simples e tão frios, esses números significam muito. Algo de muito errado acontece na saúde de nossa cidade.

fonte. canal itumbiara livre

Um comentário:

Anônimo disse...

A FALTA DE RESPEITO PARA COM O CONTRIBUINTE É NOTORIA

Assistimos a bem pouco tempo o descaso que ocoreu com os comerciantes da rua Iarumã sendo deixados por um longo perildo com seus produtos ou serviços a conviverem com poeira, baro e buracos ao longo da rua levando alguns a desistirem de seus negocios pois não tiveram suporte financeiro para sustentar tal situação pais de familia desempregados e descapitalizados pois na tentativa de salvar seus negocios perderam o pouco que tinham agora estamos a assistir o mesmo filme com a av Washington Luis onde se desenvolve o serviço de colocação de condutores de aguas fluviais serviço nescessario sem duvida porem e preciso que se lembre dos comerciantes ao longo desta avenida que não podem ficar a merce da vontade do poder publico que verdadeiramente não conhece o valor do suado dinheirinho ganho com dificuldade com a batalha do dia a dia pois o poder publico principalmente em nosso pais não sabe o que e ter que batalhar o sustento de algumas familias na batalha pela vida o poder publico quando nescecita de algum aumento na renda simplismente aumenta os tributos em uma ou outra area da economia e pronto ta resovido como ja disse este serviço e de fundamental importancia para a solução dos trantornos que sempre tivemos com as aguas fluviais que trasem sujeiras e ate provocam alguns acidentes residenciais no centro da cidade porem e preciso lembrar que em uma estrutura não se resolve um problema destruindo o que ja esta implantado e em funcionamento se não fose posivel algum tipo de solução ate que se poderia diser para melhorar é preciso piorar isto não e verdade para melhorar e preciso causar o menor impacto possivel e isto e possivel faça se alguma coisa temporaria para que não venhamos assistir o fechamento de alguns estabelecimento comercial ao longo desta avinida tenha concideração com o seu contribuinte que alem de empregar nossos trabalhadores contribuem para os cofres publicos

Arquivo do blog